terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Contra golpistas e obscurantistas!



Impressiona a desfaçatez do governo golpista, agora, para consolidar o caos, instalado nesse país ainda em 2013, com muitas daquelas manifestações com o dedo do imperialismo Norte-Americano, querem fazer a Reforma da Previdência de qualquer jeito.

Esta semana pode ser decisiva, tanto para a classe trabalhadora, quanto paro governo de golpistas e ladrões. A classe trabalhadora tem que reagir indo as ruas, não somente agora, dia 05/12, a mobilização tem que ser permanente, para construir uma poderosa Greve Geral.

Pena que parte das centrais sindicais recuou da Greve Geral, agora no dia 5/12, seria um bom termômetro para ver de fato a disposição da classe neste enfrentamento decisivo. A CTB, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, deu um bom exemplo, não abriu mão do dia 05/12, continuou mobilizando as suas bases.

Mesmo com o recuo, acredito em uma semana de fortes mobilizações contra a Reforma da Previdenciária, que visa acabar com a aposentadoria do trabalhador e trabalhadora brasileira.

Nesta semana, o governo golpista de Temer e seus asseclas, de forma direta e cristalina, prometeram aos prefeitos mais de três bilhões de reais, um Natal gordo para a ganância da maioria deles, que em ultima análise, nunca aplicarão este dinheiro como deveriam aplicar.

Em suma, o governo golpista e de trambiqueiros, alardeava aos quatro cantos que não tinha ou não tem dinheiro para nada, pelo contrário, cortou vários investimentos sociais conquistados a duras penas nos últimos treze anos, agora chega com essa grana toda para os prefeitos, numa compra descarada para que os chefes dos municípios pressionem os deputados dos seus respectivos estados a votar a favor da tal reforma.

Mas este governo não tem limites, toda semana os combustíveis aumentam, o gás de cozinha pode chegar a incríveis 92 reais, tudo isso com argumento de que a Petrobrás está em crise financeira, que o governo passado deixou um rombo irrecuperável, quanta falácia!

Pior que tudo isso, são as teses levantadas por parte dos golpistas, reverberadas nas redes sociais, de que o socialismo é uma desgraça, que o bom é o capitalismo com a sua liberdade no mercado, etc. e tal.

Ouvindo um abutre que se diz jornalista, pela manhã, na Jovem Pan de São Paulo, dizia ele: “ Lula nunca foi radical porque sempre contou com dois grupos de “extrema-esquerda para fazer as ações para eles, MST e CUT”! Olha o nível do debate do mau caráter, mas ele continuou, “ Os governos petistas apoiaram ditaduras de extrema-esquerda, como Cuba e... Venezuela”!

Isso é colocado todos os dias, nos jornais televisivos, nas redes sociais, pior que passa como uma verdade absoluta. Agora os teólogos religiosos de vários matizes, indicam que a terra é plana, exige o fim da discussão em salas de aulas, se arvoram defensores da chamada “Escola sem Partido”, mas querem impor a sua lógica em pauta, sem nenhuma discussão!

O obscurantismo chega a passos largos, daqui a pouco a turminha nazifascista do MBL e afins, colocará Jesus Cristo como suspeito número um do comunismo. Seguindo a lógica dessa turminha patética, se Jesus andou de alpercatas de couro, priorizou os pobres, gostava de festas, socializou pães e peixes e sua túnica era vermelha... eles devem ficar loucos com isso!



Por fim, notícia boa das últimas semanas, a pré-candidatura de Manuela D’ávilla, do PC do B, uma grata surpresa para muitos, não para quem já a conhecia, mas ela chegou e agradou, alcançando 3% do eleitorado! Com posições firmes sobre o comunismo, o partido e um provável programa de governo, tem agradado e recebido apoios pelo país afora!
quarta-feira, 15 de novembro de 2017

FLERTANDO COM O FASCISMO!



O médico infectologista Humberto Motta, da cidade de Natal, Rio Grande do Norte, semanas atrás, em seu blog, denunciou alguns alunos do Colégio Marista daquela cidade, por preconceito, racismo, com “cânticos misógino e discriminatório, contra a torcida do Instituto Federal do Rio Grande do Norte”!

O acontecido de cunho fascista se deu na final do basquete juvenil masculino, competição escolar do Estado. Esse tipo de comportamento vai ganhando corpo em setores da sociedade, que acha que o privado é melhor que o público, fazer parte deste mundo reduzido e exclusivo, começa a ser o sonho de uma parcela da população, mesmo que ela se ponha de joelhos às práticas fascistas!

O time de basquete do Marista de Natal venceu a partida, pais, alunos efuncionários, entraram na quadra para comemorar e ouviram-se palavras de ordem como “1, 2, 3,4, cinco mil, quereremos Bolsonaro presidente do Brasil”, ou “sua mãe é empregada da minha”, em alusão ao estado social dos envolvidos naquela competição esportiva.

Eu não tenho dúvidas que parte da juventude rica ou de classe média, anda hoje flertando com o fascismo, com um discurso mais que exclusivistas, próprio da luta de classes, eles andam também com o ovo da serpente para ser chocado, o fascismo está cada vez mais presente em suas vidas, votar no obscurantismo ou pelo menos ter esta intenção, mostra o caráter de classe, a visão de mundo reduzida que estes setores absorvem no seu dia a dia.

Impressiona que na maioria das escolas particulares, principalmente aquelas de médio e grande porte, tem um discurso hoje para lá de liberal e antipovo (é bom citarmos) em suas entranhas. Falar em humanizar o mundo já é motivo para se rotular professores como um perigoso comunista, embora todos nós saibamos que nada se humaniza no capitalismo.

Uma parte desta geração, enlouquecidas que são pelo pragmatismo dos pais, acredita piamente que só privatizando tudo que seja patrimônio nacional e estatal é que iremos sair da crise. Parte dessa geração acredita que nazismo é a mesma coisa que comunismo, até quando vamos ter que ouvir ou ler asneiras como essas?

Ouvindo o relato do médico Humberto Motta, passa aquela sensação de que estamos perdendo o discurso e o embate das ideias para estes grupos! Parece, mas ainda não perdemos, estamos sim numa disputa, não como foi o jogo da final de basquete, mas o jogo real da vida, das nossas vidas, o que está em choque agora, mais do que nunca, ou é socialismo ou é barbárie capitalista! Ou nos posicionamos de forma categórica agora, nos unimos em uma Frente Ampla, ou pagaremos caro, não podemos nos isolar, não podemos perder este jogo!

Parte dessa geração vem sendo educada nos princípios exacerbados de uma religiosidade hipócrita, aonde em sua maioria propugnam os valores do “deus dinheiro”, independente de tabuletas na porta, propondo a salvação eterna.

A nossa elite conta com vários instrumentos de dominação, embora nos últimos treze anos tivessem vários momentos de avanços sociais em nosso país, com uma visão de mundo mais voltado para o social, mas não politizamos estas conquistas, dizer quem e qual governo estavam à frente desse projeto de mudança, não podíamos ter sido tão republicanos assim!

Eles, os de cima na Pirâmide social, utilizou-se de todos os mecanismos que o Estado Burguês dispõe, para eles mesmos, para retirar uma presidente honesta, com o argumento mentiroso de combate a corrupção!

Por outro lado, muitos professores (as) hoje, fazem um discurso privatista, dizem que a iniciativa privada é o caminho, tem alguns que até se fantasiam, nada contra, mas a preocupação não é com a fantasia em si, sim com a mensagem que é passada, milhões de jovens ouvindo e em transe se preparando para entrar em uma universidade, o mercado assumiu de vez a educação, pagam caro por uma educação duvidosa, mas que garante o acesso aos filhos dos ricos e da classe média a uma universidade pública, enquanto os filhos do povo, da classe operária, dos cortadores de cana, que sustenta também esta universidade pública, tem uma dificuldade extrema.

Sim, é isso mesmo, aqueles tais, que acham que a vida só tem sentido se for a livre iniciativa, utilizam as universidades publicas para colocar em prática suas teses ultraliberais!

Todo um aparato é montado, desde a escola (privada), passando pelos cursinhos (privados), um discurso que vai moldando uma geração inteira, que tudo o que for de cunho social não presta, mas seus sonhos passam ainda por uma universidade pública ou concurso público se apoderando do estado, não largam o osso, ou melhor, não querem largar o filé mignon.

Critica o estado, suas políticas e as conquistas sociais para os mais carentes, este foi um dos discursos de ódios durante o impecheament de Dilma Rousseff, os vídeos contra o Bolsa Família era um dos mais destacados, condenava os governos Lula/Dilma, por “alimentarem vagabundos”, estes era um dos discursos preferidos dessa gente!

Essa mesmo elite atrasada, que tem os pés no Brasil, mas a cabeça em Miami pensa ainda se estivesse em pleno século XIX, os discursos dos seus filhos bem criados, reproduzidos em larga escala, é o discurso do ódio, do preconceito e da visão escravagista!



quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Venezuela mostra o caminho!



A vitória acachapante do Bolivarianismo nas eleições democráticas da Venezuela, domingo passado, mostrou claramente qual o papel nocivo cumpre a imprensa no Brasil, mas também em boa parte do mundo atual.

Quem não lembra alguns meses atrás, Nicolas Maduro, representando o legado de Hugo Chávez, aquele que teve a incumbência de dar continuidade à obra de inclusão social naquele país, foi pintado como louco, ditador sanguinário, estaria levando a Venezuela para o caos!

Quando ligávamos a TV por aqui, seja em sinal aberto ou fechado, nos jornais específicos, tinha analista para todos os gostos, dizendo até que os Estados Unidos (o patrão dessa gente) estaria para invadir o país, tudo começaria pela Amazônia brasileira, com o capacho do Temer fazendo o papel de abre portas para os marines!

O caos foi implantado na Venezuela como fora aqui no Brasil, à diferença é que na República Bolivariana, o povo está sendo educado, ele sabe qual o governo fez melhorar as suas vidas!

Aqui no Brasil, lembram, com tantas conquistas sociais, mas parte do povo virou as costas para o seu próprio governo, muito porque os governos Lula/Dilma, não teve a capacidade de se aproximar das massas e dizer para elas que as conquistas sociais era parte do governo que estava no Planalto, não apenas dádivas caídas do céu!

Pois foi essa a grande diferença com a Venezuela, ou pelo menos tem sido até agora, com o povo defendendo um governo que é realmente seu, com as Forças Armadas defendendo o ideário governista.

Existe oposição na Venezuela, claro que existe, oposição de direita, historicamente mais golpista que a brasileira, mas hoje está momentaneamente desmoralizada, são considerados entreguistas, vendilhões da Pátria Venezuelana!

Nas eleições de domingo, para governador de 22 estados, o Bolivarianismo venceu em 17 deles. 

Depois de uma colossal campanha midiática mundial contrária as conquistas sociais na Venezuela, campanha pró-imperialista Norte-Americana, o governo Maduro venceu de forma avassaladora a todos e a tudo, principalmente a  dita oposição traidora, aliada incondicional dos interesses maléficos dos Estados Unidos!



terça-feira, 26 de setembro de 2017

Sinais dos tempos!



De que estamos falando na atualidade, de conservadorismos e afins, com pautas econômicas que não visam à inclusão social, pelo contrário, expõe de forma clara uma posição para lá de preconceituosa de nossa elite, vivem no século XXI, mas raciocinam como estivesse no século XIX.

Como o golpe de 2016, quando uma presidenta legitimamente eleita foi apeada do poder, por forças politicas que entrelaçam pensamentos oportunistas, vigarice institucionalizada, com o pensamento conservador hipócrita, vem aos poucos retirando o país do progresso social e de mais conquistas democráticas.

Impressiona os discursos nas chamadas redes sociais, outro dia, um desses cantores “sertanejos”, disse que não houve ditadura militar no Brasil, porque ele e nem sua família foram incomodados com os militares no poder.

Ele talvez, por sua ignorância política ou pelo fato de ser um conservador nato, que cantarola musica com letras duvidosas, não saiba que quase quinhentos brasileiros foram assassinados no período de 21 anos de arbítrio. Outros milhares foram presos e torturados, física e psicologicamente, mas como se diz aqui no Nordeste, pimenta nos outros é refresco!

Se o indigitado tivesse ido para o pau de arara, talvez não falasse e propagasse as besteiras que andou falando em uma entrevista no programa de TV.

Mas esse caso não é isolado, outros seguimentos da sociedade brasileira começam a ter um viés conservador e autoritário, principalmente ligados a classe média, com uma intolerância sem tamanho contra todas as minorias deste país.

Sinais dos tempos, o que era progressivo pós-ditadura, passa agora ser execrado por parte de segmentos médios da sociedade. Hoje, com advento frenético das interações virtuais, vemos uma festival de posições atrasadas, conservadoras, chegando bem perto do pensamento fascista.

Pessoas com idade ainda precoce, não entendendo quase nada da política, defendendo posições xenófobas, homofóbicas, racistas e preconceituosas. Vitimas da proliferação descontrolado das redes sociais, permissivas em muitos casos, pela reação da mídia conservadora e golpista, que propagam aqui e alhures que o nazismo foi de esquerda, forma um pensamento de aparência apolítica, mas que no fundo tem uma posição ideológica bastante firme em querer desmoralizar o pensamento mais avançado da sociedade, que é o pensamento mais a esquerda, jogando na vala comum da história toda a sua contribuição para os avanços tecnológicos, social e humano deste país.

Sempre foi complicado para este nossa elite tacanha, decadente, ver a aproximação social dos de baixo, aqueles que viveram sempre a sombra das possibilidades concretas, vitimas sempre da exploração escravista, os que foram sempre humilhados por um punhado de ricos e exploradores!

Jamais aceitariam de bom grado dividir o mesmo avião, o mesmo aeroporto, o mesmo restaurante, a madame e sua diarista, isso é coisa demais da conta para essa elite que anda com os pés aqui, mas a cabeça estará sempre na 5º Avenida ou na Champs Élysées, não permitiriam esta afronta, na lógica deles, jamais!





quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Nossa soberania nacional privatizada!



A irresponsabilidade de tirar uma presidente eleita com 54 milhões de votos, sem um motivo concreto, não há provas contra Dilma, mesmo depois de várias investigações, tem levado este país ao descalabro financeiro, a um caos social sem precedentes!

Agora anunciam um pacote de privatizações, até a Casa da Moeda vai entrar no bolo, um verdadeiro atentado à soberania nacional!

Com relação a Eletrobrás, uma empresa estratégica para a questão da soberania nacional quer vender, ainda por cima quase de graça, outro atentado a nossa soberania.

Nos EUA e na China, empresas de energias, similares a nossa estatal, construída com o suor do povo brasileiro, por exemplo, é protegida respectivamente por seus exércitos, tal a importância que eles dão a questão energética, para estes países citados, energia, seja ela qual for, é uma questão de estado e de defesa nacional!

Vamos entregar nossas estatais praticamente de bandeja para o estrangeiro, o governo Temer, como pagamento de ter ganhado a presidência, paga sem consultar o povo, as nossas riquezas, sem nenhum pudor!

Bem antes de termos uma estatal que controlasse as riquezas naturais do país, se pegarmos o exemplo da energia elétrica, as empresas que controlavam o setor, vou falar aqui do Nordeste, em comunidades pequenas ela nem chegava, a luz era de candeeiro ou a diesel, ligava-se um motor, das 18horas até às 22 horas, isso era muito comum, não havia empreendimento para gerar dignidade ao povo, o excencial para eles era o lucro!

Na Argentina, onde o retrocesso acontece também com o entreguista Macri, depois que privatizaram o setor elétrico de lá, o aumento já chegou a mais de 700%, penalizando os mais pobres.

O fundamental que está ficando claro para a população, que o golpe dado no Brasil, tem um objetivo, privatizar até a nossa soberania, esse é o interesse mais claro do rentismo parasitário, que não faz produzir nada, apenas lucrar!

Quem governa a Nação não é Michel Temer, ela é apenas uma marionete do grande capital especulativo, quem governa são os grandes capitalistas internacionais, associados aos capitalistas locais, embora sejam sócios minoritários, pagam o preço do servilismo mais decadente.

O projeto político e econômico derrotado em 2014 conseguiram com a traição de setores governistas, entre deputados, partidos e até o Vice-Presidente da República, associados aos meios de comunicação sempre golpistas e contra os interesses do povo, lançar uma cruzada denuncista, que culminou com o apoio a operação Lava a Jato.



De uma hora para outra, entramos num período aonde prevalecem o ódio e a divisão da sociedade brasileira, que busca atordoada novas perspectivas de saída de uma crise que não foi gerada por ela!

Avante Camaradas!



Quando em 1945, os aliados, vencem a 2º Guerra Mundial, a União Soviética sai com enorme prestigio, fazendo com que o Partido Comunista do Brasil (PCB) fizesse nas eleições constituintes daquele ano no Brasil, quinze deputados federais, um senador e aqui em Alagoas, três deputados estaduais. Quem quiser dar uma olhada em um vídeo, que mostra um comício do grande líder comunista à época, Luiz Carlos Prestes, no estádio do Pacaembu em São Paulo, vai ver o prestígio do partido e do grande líder comunista.

É apenas uma parte do seu discurso, mas mostra o crescimento do partido. Infelizmente a luta politica no Brasil e no mundo, principalmente os acontecimentos do 20º Congresso do PCUS (Partido Comunista da União Soviética), em 1956, determinará um rompimento entre aqueles que construíam uma perspectiva de uma nova sociedade.

A partir destes acontecimentos, em 1961, surgirá o Partido Comunista Brasileiro, que ficará com a sigla até então usada pelo Partido Comunista do Brasil, fundado em 1922.

Grande contribuição deu neste período o grupo dos cem, liderados por João Amazonas, Pedro Pomar e Mauricio Grabois, que não concordam com esta concepção reducionista do marxismo e do leninismo, da liquidação do Partido Comunista do Brasil.

Continuar construindo o partido de 1922 foi a grande ousadia revolucionária do Século XX, por parte dos camaradas que não abaixaram a cabeça para a conciliação de classe em nosso país!

Hoje estes setores reformistas ainda existem, os chamados renegados do marxismo ainda conseguem sobreviver, principalmente os chamados da falsa esquerda, que adora um belo discurso moral, muitas vezes se parecendo com os evangélicos norte-americanos.

A casos de que muitos destes líderes, que diz que são a esquerda mais combativa, não consegue defender minimamente uma saída para a crise atual, se fecham em si próprios, não dialogam com o povo e nem se faz entender por eles, vivem eternamente numa posição confortável da crítica aos setores consequentes da esquerda brasileira, entre os quais se encontra o PC do B, alvo preferencial de ataques dos revisionistas da modernidade, travestidos de uma visão multicultural.

Em regra os partidos comunistas são transgressores de regras (não todos é bem verdade), mas o imperativo das necessidades históricas das mudanças, a marcha vitoriosa da humanidade rumo a novo patamar, faz dos partidos comunistas e dos comunistas alvos preferenciais de orquestrações de toda ordem para tentar barrar estes avanços.

O mais importante, é que no fundo, estes setores esquerdistas, com um discurso radicaloides, não querem transformação alguma, querem que o capitalismo continue mandando de fato, principalmente com suas ideologias retrogradas, fazendo com que as massas laboriosas continuem sendo esmagada.

Estes setores ultra esquerdistas, jogam no atraso da sociedade, rompem de vez com qualquer perspectiva de transformação social, até por que o discurso está mais próximo do populismo conservador do que qualquer outra coisa.

Mas a marcha da história é implacável, a reorganização do movimento comunista internacional nos mostra que esta batalha ainda está em disputa, à luta pela emancipação humana está apenas começando, avante camaradas!





domingo, 13 de agosto de 2017

Genocidas e alienados!

Só pode ser a tal da alienação, os EUA, mata por ano, cerca de 500 mil pessoas, maioria inocentes civis em suas guerras de conquistas nas terras dos outros.

Fazem no mundo inteiro o que sua população branca, anglo-saxônica, fez com os indígenas da América do Norte.

Ainda assim, as pessoas no mundo inteiro, aqui no Brasil nem se fala, com coxinhas e afins, aplaudem como nunca os genocidas em potencial o "amo do norte"! Ainda vem alguns para dizer que seria uma maravilha se os Estados Unidos entrassem militarmente na Venezuela!

A Coreia do Norte é uma ameaça mundial, dizem todas as redes de TV, jornais, enfim, a imprensa mundial. Em primeiro lugar, eu nunca ouvi dizer que o regime Norte-Coreano saísse por aí matando e espoliando outros povos. Segundo, a imprensa toda, pertence à classe dos capitalistas, não surpreende seus posicionamentos!

O que também não surpreende é o posicionamento da população,parte dela,  alienadas diariamente por esta imprensa altamente tendenciosa pró-genocídio em larga escala!

O que surpreende de fato é a posição de um setor da classe média, formadora de opinião, que parece anestesiada pelo golpe dado no Brasil, saí por aí dizendo  que o apocalipse está chegando ( ameaça comunista, de novo a mesma história pré-64)
e o Trump, nazista norte-americano, será a salvação da humanidade! Agora eu pergunto, tem salvação pra essa gente?